Quem nunca precisou cortar alguns gastos e economizar um dinheiro para o fim do mês, não é mesmo? Nosso dia a dia é cheio de obrigações e responsabilidades, e, devido a isso, podemos acabar gastando mais do que o necessário. Por esse motivo, muitas vezes é preciso economizar dinheiro e aprender a ser menos consumista.

Nossa missão hoje é te ajudar a descobrir como fazer isso. Afinal, a saúde financeira está diretamente ligada à emocional, e por isso precisamos cuidar muito bem do nosso dinheiro. Há diversas hábitos e atitudes que você pode tomar para conseguir economizar e não passar apertos por conta disso. Acompanhe nossas dicas!

1. Registre suas despesas

Manter registro de tudo o que você gasta mensalmente – desde contas de luz até a escola do seu filho – é muito importante para que você consiga economizar. Anote quanto você recebe e baseie-se nas suas reais condições para se organizar melhor. Aposte no uso de planilhas, aplicativos, papel e caneta, etc. O importante é que você possa conhecer a sua real situação financeira, a fim de não cometer algum exagero com supérfluos. 

2. Priorize o básico

Todo mundo sabe que, nos mais diversos casos, precisamos lidar com questões de sobrevivência; uma delas é arcar com custos derivados de impostos e a residência em que vivemos. Por isso, assim que você possuir dinheiro em mãos, priorizar as suas contas pessoais é muito importante. Assim, deixe aquelas compras de lado temporariamente se perceber que não está dando conta. Afinal, se não cuidamos do básico, não podemos pensar em outras esferas que também precisam de atenção em nosso dia a dia. 

3. Procure sempre andar com dinheiro vivo

Ir à rua sem o seu cartão de crédito pode ser uma boa ideia para ser menos consumista e economizar dinheiro. A possibilidade de parcelar bens de consumo é um dos grandes motivos pelos quais as pessoas se endividam, para começo de conversa. Por isso, evitar essa possibilidade é um hábito que pode te fazer mudar seu estilo de vida. Se não tiver dinheiro vivo na hora em que pensar em adquirir algo, simplesmente não compre. Muitas vezes, esses impulsos são o que fazem você gastar com coisas de que não precisa, mas apenas deseja.

4. Crie metas de economia 

Criar metas para economizar é uma boa maneira de diminuir o consumismo. Mantenha uma planilha mensal, ou mesmo outro método de organização, a fim de saber quanto você ganha e o que pode ser direcionado a determinado setor da sua vida. Separe gastos essenciais de supérfluos, avaliando racionalmente qual é a sua real condição atual financeira. Nesse processo, você pode juntar dinheiro suficiente para fazer uma viagem no futuro, se quiser. O importante é saber o que priorizar!

5. Desapegue: venda o que não acrescenta mais

Essa é, talvez, uma das dicas mais importantes para quem quer aprender a ser menos consumista! Afinal, todos sabemos que o apego é uma coisa ruim, sobretudo quando ele é material. Organizar um bazar, por exemplo, pode te ajudar a arrecadar um dinheirinho com a venda de roupas que não lhe servem mais. 

Ainda, outra boa opção é vender aquelas joias de família que você nunca usou, mas que sabe valerem bastante dinheiro. Enfim, se você não vê valor emocional e sabe que isso pode te ajudar a lucrar, por que não? 

Aqui na Compro Ouro Savassi, nós trabalhamos com a compra e venda de ouro. Se você também possui aquela joia que não lhe agrada mais, venha nos procurar e garanta já um dinheiro rápido e sem complicações. Estamos na região da Savassi e contamos com os melhores profissionais, prontos para te atender com o maior conforto e segurança. 

Acesse nosso site e leia mais sobre como funciona a compra e venda de ouro!

Posts Relacionados

Se você gostou de ler isto, explore nossos outros artigos abaixo:

Voltar para os artigos