Com a variedade de bens de consumo disponíveis hoje, o mercado está cada vez mais diversificado. São muitas coisas para comprar e para usufruir; mas a verdade é que isso pode, muitas vezes, nos fazer afundar em gastos desnecessários. 

Aprender a evitar esses gastos, vistos também como “supérfluos”, é com certeza uma tarefa desafiadora. O fato é: se você deseja economizar dinheiro, isso precisa ser feito o quanto antes. Foi por isso que trouxemos algumas dicas sobre como evitar gastos desnecessários, e, assim, garantir maior saúde financeira ao seu cotidiano. 

Confira essas super dicas e comece a colocá-las em prática para notar uma diferença em seu estilo de vida! Para isso:

1. Direcione seu dinheiro

Manter uma agenda ou planilha com todos os seus gastos mensais é uma tarefa essencial, a qual deve ser prestada extrema atenção. Mensalmente, você precisa anotar o que entra e o que sai, sem deixar de lado nenhuma pendência. Gastos pequenos também entram aqui, uma vez que podem parecer insignificantes, mas são decisivos para o seu controle financeiro. 

Não deixe de calcular e planejar uma quantidade estimada de dinheiro para cada esfera de sua vida. Seja em uma viagem recente, suas compras no supermercado ou as contas referentes ao domicilio; não deixe nada de fora! Com essa ação, será bem mais fácil refletir sobre o que precisa mudar para que você não passe por nenhum aperto, e também o que merece mais atenção.

2. Evite comer fora

Esse é um dos erros de quem deseja economizar, mas não sabe por onde começar. Para evitar gastos desnecessários, é preciso que você primeiro reconheça os supérfluos com os quais você gasta diariamente. Ir a um restaurante com a família todos os fins de semana, por exemplo, pode não ser a melhor ideia. Uma vez que você pode cortar esse “luxo” cozinhando em casa, por que não abrir mão? 

Essa reflexão também pode se adequar a idas ao shopping, passeios durante a semana ou mesmo pedir comida em casa, situações que em conjunto podem se tornar prejudiciais ao seu bolso.

3. Não compre por impulso

Um dos principais motivos pelos quais as pessoas precisam economizar é porque tendem a comprar por impulso. O hábito de comprar compulsivamente pode ser muito prejudicial, tanto ao seu bolso quanto à sua saúde emocional. Por isso, deve ser evitado ao máximo.

Imagine que você comprou uma bolsa que realmente queria, mas se chegou a usá-la 3 vezes foi muito! Isso acontece muito, o que evidencia que, talvez, você não precisasse de tal objeto. Provavelmente, você comprou por um impulso em acreditar que precisava daquilo, mas era só um desejo momentâneo.

4. Reduza serviços contratados

Serviços de streaming, televisão e internet podem ser grandes vilões para quem quer cortar alguns gastos. Entretenimento é muito importante para o nosso cotidiano, mas às vezes contratamos planos de que nem precisamos tanto assim.

Pare para pensar em todos os serviços que você contratou ultimamente, e que são pagos. Coloque no papel a assinatura de todos eles, e você poderá constatar que ao fim do mês é apenas mais um peso extra. Logo, não é preciso cancelá-los, mas talvez reduzir a qualidade e a diversidade seja uma solução para aliviar um pouco o orçamento.

5. Ande mais com dinheiro vivo

Já dissemos isso em nosso outro post, sobre como economizar e ser menos consumista. Andar com cartões de crédito é uma das maiores armadilhas para quem deseja evitar gastos desnecessários. Afinal, se você tiver a possibilidade de parcelar as compras em mãos, provavelmente não pensará nisso como um problema.

Mas sabemos que não é bem assim, certo? As faturas vão acumulando mais e mais, consumindo o limite disponível e acabando com o dinheiro que ainda nem possuímos na conta. Por isso, reflita sobre essa situação e opte por sempre andar com dinheiro vivo; se não tiver condições de comprar dessa maneira, é um sinal de que você não deve fazer isso. 

6. Aprenda a dizer não

Saber dizer não a tentações é uma coisa difícil para o ser humano em geral. Porém, às vezes isso é necessário, visto que nem sempre temos condições financeiras de lidar com certas situações.

Então, a dica de hoje é: aprenda a dizer não para idas a restaurantes, festas que exigem muitos gastos, confraternizações, etc. O mais importante é saber que outras oportunidades virão. Você não precisa deixar de fazer tudo o que sempre fez, mas apenas moderar a quantidade de vezes que isso acontece. 

7. Pratique o desapego

Nem todo mundo considera supérfluos um gasto desnecessário. Mas a verdade é que tudo que não nos acrescenta, essencialmente, não deveria ser tratado como essencial para a sobrevivência. 

Por isso, aproveite para organizar os seus pensamentos e se livrar de bens materiais de que você não precisa mais. Joias são um bom exemplo disso! Hoje, já existem diversos lugares de confiança em que você pode vender as suas joias de forma rápida e segura. 

Aqui na Compro Ouro Savassi, nós garantimos as melhores condições, com uma avaliação justa e feita por profissionais capacitados. Estamos na região da Savassi, no Shopping 5ª Avenida, em um ambiente totalmente seguro e preparado para você. 

Entre em nosso site para mais informações e conheça os nossos serviços!

Posts Relacionados

Se você gostou de ler isto, explore nossos outros artigos abaixo:

Voltar para os artigos